quinta-feira, 28 de maio de 2009

PS foge do imposto que propôs
(Público) 28.05.2009
A palavra imposto parece proibida na campanha do PS às eleições europeias. No dia seguinte à proposta lançada por Vital Moreira em Chaves, ontem o cabeça de lista recusou-se a repetir a ideia, criticada em surdina dentro do partido e alto e bom som por toda a oposição. "Não quero comentar as invenções da oposição", limitou-se a dizer o candidato , ontem de manhã em Seia. Na véspera, admitira a possibilidade de criar um imposto europeu sobre transacções financeiras ou, em alternativa, de proceder à transferência de fatias suplementares dos orçamentos nacionais. O que não significava aumentar impostos nacionais, mas haver mais recursos para distribuir. Uma ideia, aliás, já defendida por Mário Soares desde há 10 anos, precisamente quando era cabeça de lista do PS ao Parlamento Europeu.
Quem não esqueceu foram os seus adversários políticos na campanha. As críticas começaram logo na noite de terça-feira e foram esticadas ao longo de todo o dia de ontem.
Já depois de todos os seus adversários terem criticado a proposta, Vital retraiu-se: "O que eu disse, os senhores [jornalistas] registaram; o que a oposição diz eu não comento". "Se eles não têm propostas, se não têm o que dizer, se vão pôr na boca coisas que eu não disse, eu não vou comentar", limitou-se a dizer. Imposto? Na comitiva do candidato, brincava-se: "Isso já foi desmentido".
Não foi nem deixou de ser.

18 comentários:

Manuel Silva disse...

????????????????????????????

Anónimo disse...

O Sr. Vital Moreira é como a D. Elisa, de cada vez que saem à rua e abrem a boca, perdem votos.

José Silva o do PS com cartão e quotas em dia disse...

A direita não uqer nem nunca quis um imosto s/ transacções financeiras.
Vital Moreira lançou a discussão que pode ser um exemplo para o Mundo, já que nunca quiseram a taxa Tobin.
De cada vez que o anónimo fala o PS SOBE.
VITAL MOREIRA FALOU E BEM NUM IMPOSTO S/ TRANSACÇÕES FINANCEIRAS. É UMA FORMA DE TRABALHAR A TAXA TOBIN NUNCA APLICADA. LIONEL JOSPIN TENTOU SE ÊXIITO
A Taxa Tobin é um tributo proposto pelo economista americano James Tobin, da Universidade de Yale, laureado com o Prêmio Nobel de Economia em 1981. Esse tributo incidiria sobre as movimentações financeiras internacionais de caráter especulativo.
A proposta da Taxa Tobin inspirou a criação da ATTAC, em 1997, por Ignacio Ramonet, diretor do jornal francês Le Monde Diplomatique.
Tecnicamente, nos termos da legislação tributária do Brasil, a "Taxa Tobin" seria na verdade um imposto e não uma taxa, cuja alíquota, incidente sobre o valor das transações financeiras de curto prazo, deveria variar entre 0.1% e 0.25%. Embora a alíquota proposta fosse baixa, Tobin acreditava que pudesse limitar a especulação financeira internacional.

[editar] História
Em 15 de agosto de 1971, o então presidente dos Estados Unidos, Richard Nixon, anunciou o fim da conversibilidade do dólar em ouro, liquidando assim o sistema vigente desde os Acordos de Bretton Woods. Tobin sugeriu um novo sistema para a estabilidade monetária internacional no qual estaria incluída a taxação das transações financeiras internacionais.
A idéia hibernou por mais de 20 anos até que, em 1997, Ignacio Ramonet renovou o debate em torno da Taxa Tobin, em seu editorial Désarmer les marchés ("Desarmar os mercados"), no qual propôs a criação de uma associação - a ATTAC - para lutar pela introdução do tributo, no âmbito do movimento antiglobalização.
Esta empresa trabalha para Correio da Manhã.

Anónimo disse...

Nesse caso, porque é que o PS não volta a insistir nesse imposto? Estou certa de que iria buscar muitos votos à Esquerda...

José Silva disse...

O PS só o deve fazer no espaço da UE e não como demagogivamente propos hoje o PCP na Bolsa nacional.
Se os 27 acordarem num imposto para o mercado fnanceiro todos gamharemos. Até os inestidores.
O que a oposiçao percebeu foi que esta é uma proposta séria e com pernas para andar.Hoje Vita dará mais esclarecimentos. Não pode ser tudo no mesmo dia.
Rangel quer brilhar e propõe hoje uma taxa para os produtos da India e da China. Esta é que é um grande disparate.Não conhece as decisões da OMC.
Depois criticou Sócates por estar na campanha e no fim de semana vai levar com Ferreira Leite.
Porque não deixa falar o 3º. e 4º. candidato que o acompanham?
Já está aflito com a sondagem interna que encomendaram?Divulguem-na.

Anónimo disse...

O esclarecimento que o Vital deu foi mandar o staf dizer que já foi desmentido. É nabo mas não é burro. Este imposto, apresentado por ele, neste momento, quando os portugueses querem é alivio da pressão fiscal, é um estouro no pé de todo o PS. Mais um.

José Silva disse...

Este anónimo não tem emenda. Fala do que não sabe e atira-se ao PS como um cão raivoso.
O imposto é europeu e sobre operações na bolsa. Sabe que é?
Quem apresentou hoje na AR uma proposta para se aplicar já em Portugal foi o brilhante PCP.
E o PSD que barafustou tanto, foi confrontado hoje com o que aprovaram em Bruxelas. Precisamente uma taxa parecida com esta, mas que ficou na gaveta como a Taxa Tobin.
Se for dar dinheiro aos agricultores franceses e espanhois e aos outros dar para deixarem de produzir, tudo bem.
Se for para acabar com as Pescas e Portugal aparece dinheiro.
Tem de se informar melhor.
Estou enojado com estes PCs impedernidos.

josant disse...

E tem razão. São estes papagaios de gaiola, que "gostam" de falar do que não sbem, só para dar a impressão que sabem,que justificavam duas coisas:
1~ que a estupidez pagasse imposto.
2~ Que fosse obrigatório andarem carimbados,para serem,como pretendem,reconhecidos...

José Silva disse...

O Josant tem toda a razão.
Mandam aqui labercas só contra o PS.
As notícias que correm na net:
-ex-secretário de estado de Durão Barroso confirma o que disse Oliveira e Costa;
-CDS em maus lençõis com a compra dos blindados;
-Em 2007 os deputados do PSD e todo o PPE votaram para a criação de um imposto europeu sobre transacções em bolsa.
É preciso ler e não dizer só mal dos candidatos do PS, nmeadamente, Elisa Ferreira e Vital Moreira. E depois ficam muito zangados e pedem ao PB para fazer censura.
O anónimo que há uns tempos conspurca este BLOG devia ser corrido ara outras bandas.

José Silva disse...

Mas há mais JOSANT:
-Morais Sarmento critica Rangel
- Ferreira Leite vem dar ajuda no fim de semana;
- Filipe Menezes defende TGV, obras Públicas e a política de o 1º. ministro se virar para Espanha. Um mercado de 40 milhões
Mas há mais novidades.
-PCP propõe na AR um projecto para criar já o imposto em Portugal
- Jorge Miranda não vai ser eleito porque o PCP faz o jogo da direita.

José Silva disse...

Mas há mais:
- ERC arrasa TVI de Moura Guedes num relatório de 27 páginas.Falta de ética jornalistica.
- Administração do BPN reclama 10 milhões de crédito dado à SLN, accionista maioritário, para pagar adiantado a Cadilhe, mais os 700 mil or ano.
-Sondagem dá vitória ao PS.
Pois é Josant alguns só criticam por criticar o que não devem.

José Silva disse...

Mas há mais:
- ERC arrasa TVI de Moura Guedes num relatório de 27 páginas.Falta de ética jornalistica.
- Administração do BPN reclama 10 milhões de crédito dado à SLN, accionista maioritário, para pagar adiantado a Cadilhe, mais os 700 mil or ano.
-Sondagem dá vitória ao PS.
Pois é Josant alguns só criticam por criticar o que não devem.

José Silva disse...

Mas há mais:
- ERC arrasa TVI de Moura Guedes num relatório de 27 páginas.Falta de ética jornalistica.
- Administração do BPN reclama 10 milhões de crédito dado à SLN, accionista maioritário, para pagar adiantado a Cadilhe, mais os 700 mil or ano.
-Sondagem dá vitória ao PS.
Pois é Josant alguns só criticam por criticar o que não devem.

José Silva disse...

Comício em Évora
Vital Moreira associa PSD à "roubalheira" do BPN
28.05.2009 - 23h37 Leonete Botelho(Publico)
O cabeça de lista do PS ao Parlamento Europeu, Vital Moreia, fez hoje à noite em Évora o discurso mais violento da campanha contra o PSD, associando os sociais-democratas ao que chamou de “roubalheira” do BPN.

“Devemos denunciar [caso BPN], condenar. É um caso de utilização da economia para efeitos puramente criminosos”, começou por afirma no comício que encerrou o dia de campanha.

“Certamente por acaso e só por acaso todos aqueles senhores são figuras gradas do PSD. Estamos à espera que o PSD se prenuncie sobre a roubalheira do BPN”, acrescentou.
Esta é fresquinha para anónimo.

josant disse...

Realmente o "desconhecido" anónimo para degerir isto!!! só com COMPENSANT e mesmo assim?...está sugeito a que lhe dê alguma congestão.
Hó! José Silva; você é mesmo mausinho...deixe que lhe diga.
Mas como diz o outro, as verdades são para a ocasiões.

José Silva disse...

pARA TERMINAR SÓ MAIS ESTA E FRESQUINHA;
Quem acumula empregos?
[Publicado por AG] [Permanent Link]
Paulo Rangel, o cabeça-de-lista do PSD ao Parlamento Europeu, tem repetido os ataques contra mim e Elisa Ferreira. Chama-nos "candidatas-fantasmas" e acusa que nos comportamos «como quem está à procura de emprego», por termos assumido sermos candidatas ao PE e também às eleições autárquicas.
Não cuidarei aqui das assombrações que, aparentemente, as minhas candidaturas suscitam a Paulo Rangel.
Nem vou alongar-me a reiterar que nunca acumulei, não acumulo, nem acumularei cargos, nem nunca misturei ou misturarei funções políticas com actividades profissionais privadas. Que exerci o cargo de deputada ao PE em exclusividade - exactamente ao contrário do que faz o deputado Paulo Rangel, que é também professor e ganha como jurisconsulto.
Basta-me registar que não preciso, felizmente, de "procurar emprego", porque tenho uma carreira profissional como funcionária diplomática, que suspendi para me dedicar, em exclusivo, a funções políticas. Carreira que poderei retomar a qualquer momento.
E basta-me apontar a total falta de autoridade moral e de credibilidade política do Dr. Rangel para me criticar.
Pois não foi este mesmo Dr. Rangel quem apresentou publicamente o candidato do PSD à Câmara de Oliveira de Azeméis como "o candidato ideal a qualquer Câmara", na pessoa do actual deputado Herminio Loureiro ??? Que além de deputado na AR (sem se esfalfar, segundo o EXPRESSO fez notar há tempos), se dedica a ser Presidente da Liga Portuguesa de Futebol e já anunciou que cumprirá o mandato até ao final em 2010, mesmo se for eleito para a Câmara de Oliveira de Azeméis.
Tal está o acumulanço de candidaturas e de cargos que, desde que seja entre gente do PSD, não causa incómodo ao Dr. Paulo Rangel!!....

PS - A propósito, alguém já ouviu o Dr. Paulo Rangel comprometer-se a exercer em exclusividade o cargo de deputado europeu e a garantir que não abandonará o PE em qualquer fase do seu mandato, em detrimento de quaisquer outros cargos políticos para que possa seja solicitado?
O Josant já viu que o anónimo ficou mudo. E com esta fica sem vontade de dizer mais disparates.

Anónimo assumido como anónimo e não disfarçado em pseudónmo anónimo disse...

Pelos vistos o Dr. Vital é contra a acumulação de cargos políticos, que nada têm a ver com os que cita porque presidente da liga, professor ou jurisconsulto não são cargos políticos e a lei permite a acumulação não havendo assim lugar ao subsídio de exclusividade que os deputados que não exercem mais nada recebem. Deputado europeu ou nacional e presidente de camara ou vereador, esses sim, são lugares pol+iticos. Se o PSD é contra a acumulação, vamos ver o que vai suceder aqui mesmo no Porto com as candidaturas da Isabel Santos, da Joana Lima e do Joaquim Couto, para além da vergonha que é a candidatura da Elisaa a dois carrinhos sendo que um é só para is lá assinar.
Esse anónimo José Silva diz tanto disparate na sua berborreira fanática e nos seus ataques pessoais que3 se define a si próprio.
Não é preciso dizer mais nada. É com este fanatismo que o PS caminha para o abismo quando teve a faca e o quejo para fazer mudanças positivas no país em vez de fazer apenas popolismo e demagogia barata.
As entidade reguladoras são entidades do governo que o que querem é mama, como se tem demonstrado em todos os sectores. Deviam ser nomeados pelo parlamento com regras claras e funcionais e serem responsáveis apenas perante ele.
Nem o terrorismo verborreico mete medo a ninguem. Desse tipo de caceteiros estamos fartos e para cada caceteiro à sempre um cacete à espera.

José Silva com BI e cartão do PS em dia disse...

De novo o anónimo anti-PS voltou, mas demorou a digerir.
O Estalinismo tem destas coisas: não deixa ver a realidade.
Já no fascismo era assim. Só havia alguns que viam a realidade e lutaram como o Pedro Baptista, responsável deste BLOG.
O anónimo nao consegue dizer nada de nada. Só baboseiras e frases desfeitas.
Nunca vi tanto ódio.
Será que andou no PS e não lhe deram uma mama?
O cacete que oferece é fraco e parvo.
Veja se lá se responde ao desafio de discutir políticas concretas e sérias. Não está preparado? Pode pedir ajuda.
Fala nas entidades reguladoras por terem malhado na TVI?
Não gostou, já percebi
Por favor veja se consegue dizer alguma coisa que se perceba.