terça-feira, 28 de outubro de 2008

(PJ) 28 Outubro 2008 O candidato derrotado à distrital do Porto do PS, Pedro Baptista, disse ontem 'nem querer acreditar no boato', de que não poderá intervir no congresso distrital de Novembro por não ter sido eleito delegado.'A essência do congresso é o debate das moções. Ora eu sou o primeiro subscritor de uma moção de estratégia assinada por 400 militantes. Nunca aconteceu ser sonegado o direito ao debate a alguém com esse estatuto, mesmo quando não eleito delegado. Não há memória de algo assim no PS', disse Pedro Baptista.
Pedro Baptista recordou que nem se candidatou a delegado porque 'nunca passou pela cabeça de ninguém que não tivesse direito a defender a moção', de que é primeiro subscritor.
'Nem acredito que a Comissão Organizadora do Congresso ou o secretário-geral do PS alguma vez aceitassem uma coisa dessas', acrescentou, dizendo esperar ver a questão resolvida na reunião de hoje da COC.

2 comentários:

Carlos Pinto disse...

Só o levantar-se a questão é já uma vergonha para este ps DO pORTO.
Nao vai acontecer, nem pode acontecer.
Era só que faltava.

Anónimo disse...

Na certeza de que vontade lhes não faltará de impedir o Dr.Pedro Baptista de intervir, nem quero acreditar que tal aconteça...